Instruções: Como curar o alcoolismo?

Alcoolismo é um distúrbio grave. Muitas pessoas o subestimam, atribuindo tudo ao fato de que uma pessoa que sofre com isso simplesmente não tem força de vontade. Na verdade, tudo é muito pior! Do ponto de vista da psicologia, o alcoolismo nada mais é do que uma doença que requer tratamento oportuno. A principal coisa a lembrar ao combater o vício em álcool é que uma pessoa que sofre com isso está gravemente doente, precisa de ajuda qualificada e apoio constante. O viciado não deve apenas perceber que está doente, ele deve querer lutar contra seu vício. Afinal, somente após o desejo do paciente de superar sua doença, o tratamento dará o resultado desejado!

Métodos básicos para lidar com o vício em álcool

Consulta especializada Será difícil para as pessoas que não têm formação médica se ajudarem adequadamente no tratamento do alcoolismo. Portanto, não há nada de errado se você recorrer a especialistas bem versados ​​​​neste assunto. Somente um especialista competente poderá avaliar corretamente a condição do paciente e aconselhá-lo sobre como exatamente você deve se comportar com um viciado. Um ambiente doméstico harmonioso é o melhor remédio Não é nenhum segredo que a maioria dos problemas que levam as pessoas a mostrar uma certa fraqueza em relação às bebidas alcoólicas vem da família. Portanto, é muito importante criar um ambiente harmonioso e acolhedor em casa durante o período de tratamento. Apoio e ajuda é o que o viciado realmente precisa, por isso, se ele não recebe de suas pessoas mais próximas, ele tenta substituí-lo por álcool. Conselhos de psicólogos Psicólogos experientes aconselham seguir as seguintes regras para ajudar o viciado o mais rápido possível: Preste mais atenção à pessoa, mas faça isso da forma mais discreta possível. Ou seja, estar sempre presente no momento em que ele precisa falar, mas não com você! Você ouve, ele fala. Sem emoções negativas! Não dê palestras constantes, pessoas viciadas acima de tudo não gostam disso.Nessa “situação, o mecanismo inverso entra em ação”, e em vez de parar de beber, ele vai querer beber ainda mais Tente encontrar um novo hobby ou trabalho para o viciado. Qualquer atividade útil irá distraí-lo. Isole o viciado daqueles fatores que podem provocá-lo a tomar álcool. Esses fatores podem ser problemas em sua família, problemas em seu trabalho, ambiente, experiências emocionais. Encontros de pessoas afins Se o viciado não tem alguém que possa controlá-lo, mas ele mesmo quer ser curado, reuniões especiais o ajudarão. Tais reuniões são chamadas de Clube dos Alcoólicos Anônimos. A terapia de grupo é um dos métodos mais eficazes no tratamento de vários vícios e doenças. Nesses encontros, as pessoas compartilham seus problemas, trocam experiências e se apoiam. Esses encontros ajudam os adictos a sentirem que não estão sozinhos na luta contra a doença. Métodos médicos Codificação Existem métodos mais confiáveis ​​de tratamento do alcoolismo. Um dos quais é familiar para todos em primeira mão. Sim, é codificação. Não é por acaso que este método foi escrito no final, vale a pena codificar o viciado apenas por sua vontade, pois em outro caso o paciente simplesmente beberá à força até que o efeito da droga administrada a ele termine, o que causará grande dano à sua saúde. Existem várias opções de codificação: Torpedo é um implante especial que é injetado por via subcutânea no paciente. Graças a essa manipulação, a substância em sua composição (dissulfiram) entrará constantemente na corrente sanguínea. Injeção de um medicamento com uma substância ativa semelhante Tomar medicamentos especiais é o mais suave dos tratamentos medicamentosos Ao contrário da codificação, tomar pílulas tem menos contra-indicações. Graças a uma substância especial na composição de tais drogas, o uso de álcool para o viciado torna-se completamente inútil, porque ele não receberá mais aquele antigo efeito de “intoxicação”, apenas o mal-estar e a intoxicação permanecerão.